Voltar ao site

145 projetos avançam para próxima fase do edital de emendas parlamentares

Pelo terceiro ano consecutivo, o deputado federal Felipe Rigoni realizou um edital para destinação de emendas. R$ 12 mihões estão disponíveis

A primeira etapa de avaliação do Edital de Emendas Parlamentares do deputado federal Felipe Rigoni foi finalizada. Dos 245 projetos inscritos, 145 continuam na disputa. Foram dias de análise, levando em conta os três critérios definidos no edital: o quão estruturante é o projeto, qual o impacto gerado e a qualidade daproposta. Os selecionados serão agora submetidos à avaliação técnica do conselho de especialistas.  

Pelo terceiro ano consecutivo, buscamos uma solução moderna, transparente e democrática para decidir sobre os recursos públicos. A qualidade e a diversidade dos projetos comprovam que os capixabas desenvolvem ótimas iniciativas em todo o estado, o que faltava era uma ferramenta para dar visibilidade e oportunidade aos projetos. Nossas escolhas são pautadas por critérios técnicos, o que estimula a participação popular no mandato”, argumentou Rigoni.   

Lançado em maio, o edital recebeu inscrições de todas as microrregiões do Espírito Santo. Foi a Metropolitana a que mais registrou projetos enviados (94). As áreas de Educação (69) e Assistência Social (68) lideraram o ranking de propostas inscritas.    

“A proposta do Edital de Emendas busca fazer diferente, alinhamos qualidade técnica, oportunidade para qualquer instituição capixaba participar e ainda contamos com a votação popular, trazendo as pessoas para perto da política e dando o poder de escolha para elas. Eu tenho muito orgulho de fazer parte desse projeto único no estado”, destacou Lais Barbosa, assessora de orçamento do gabinete e responsável pelo Edital.   

O edital   

Puderam participar órgãos públicos e instituições do terceiro setor com atuação no Espírito Santo. Após a segunda etapa de seleção, os projetos serão encaminhados para análise técnica do conselho consultivo do mandato, formado por especialistas de diferentes áreas. Definidos os finalistas, a população escolherá por meio de votação em aplicativo onde cada recurso será aplicado. Os recursos serão liberados no orçamento de 2021. 

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK