Voltar ao site

Banco Central quer ampliar cooperativismo e microcrédito rural

Pauta foi discutida em reunião com deputado federal Felipe Rigon

· banco central,economia,crédito

O deputado federal Felipe Rigoni participou de reunião com o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, acompanhado de lideranças do Congresso. O encontro, organizado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, debateu a agenda legislativa defendida pelo Banco e as ações previstas para ampliação do crédito no país.

Entre as propostas está o fortalecimento das institutições financeiras cooperativas, que hoje representam 17,2% do crédito rural. O presidente do BC quer simplificar o acesso ao crédito e ampliar em até R$ 16,5 bilhões o capital disponível para pequenos e médios produtores.

“As ideias apresentadas são modernas e muito positivas. O Banco Central se mostrou bastante preocupado também em aumentar a concorrência e diminuir o spread, o que pode trazer impacto sobre os juros do cheque especial e do cartão de crédito, melhorando a vida dos brasileiros”, elogiou o deputado capixaba.

Fotos: Sérgio Francês/PSB

Agenda BC#

A Agenda BC#, apresentada durante a reunião, está estruturada em quatro dimensões: inclusão, competitividade, transparência e educação financeira. Além dos projetos no Congresso, a Agenda prevê estudos sobre pagamentos instantâneos, open banking, blockchain, inteligência artificial e supervisão do risco cibernético.

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK